ANO LETIVO DE 2023 / 2024

EXAMES, etc.
 

Alunos

banner alunos3

Número, Impressos ...

Ler mais

Professores

Professores

Concurso, contratação de escola...

Ler mais

Pessoal não docente


 Rácios, número, distribuição, etc.

Ler mais

Foram rapadas as cabeças a alunos do Liceu de Oeiras

FOI HÁ 50 ANOS, NO DIA 16 DE DEZEMBRO DE 1973.

Alunos do Liceu de Oeiras, hoje Escola Secundária Sebastião e Silva (ESSS), reivindicavam o direito de associação e a democratização do ensino, fazendo parte do Movimento Associativo dos Estudantes do Ensino Secundário de Lisboa (MAEESL).

Em reunião, realizada em instalações facultadas por estudantes da Faculdade de Medicina de Lisboa, foram presos 150 alunos, alguns deles do Liceu de Oeiras.

Foram interrogados no Governo Civil de Lisboa e na sede da DGS/PIDE. Libertados no dia seguinte, foram-lhes rapadas as cabeças, identificando-os como delinquentes.

Foram alvo de processos disciplinares, por ordem do Ministério da Educação, e os pais chamados a responder no Tribunal de Menores.

FORAM ACUSADOS DE: "terem participado, em 16/12/1973, numa reunião ilegal, porque não autorizada, pondo em causa o decoro devido ao Estabelecimento de Ensino frequentado, violando o Estatuto do Ensino Liceal (artº 357º do Dec. 36508 de1947)".

As Associações de Estudantes foram autorizadas depois do 25 de Abril de 1974. Hoje, são reguladas pela Lei do Associativismo Jovem, Lei nº 23/2006.

 

À exceção do título, o texto é da autoria de Clarisse Mendes, ex-aluna do Liceu Nacional de Oeirasprofessora de História aposentada e, ainda, ex-professora do Liceu de Nacional de Oeiras e da ESSS, a quem se agradece o apontamento e a lembrança do episódio que faz, dentro de 2 dias, 50 anos.

 

  ««VOLTAR

 

 

Está em... Início Foram rapadas as cabeças a alunos do Liceu de Oeiras